Robótica 2016

rob

 

O Festival Nacional de Robótica 2016 será realizado em Bragança, de 4 a 8 de maio de 2016, promovido pelo Instituto Politécnico de Bragança e pela Sociedade Portuguesa de Robótica.

A BoxElectrónica tem o prazer de anunciar que irá estar presente neste festival, tal como aconteceu no Robótica 2015, em Vila Real, onde colaboradores da nossa empresa fizeram parte da própria organização do evento.

O festival da Robótica tem como principal objetivo a competição entre várias vertentes da área da robótica, além da interação entre pessoas com os mesmos interesses nesta área, assim como a partilha de conhecimento e assuntos que levam este festival a ser uma experiência deveras grandiosa.

Como habitualmente o Festival Nacional de Robótica possui dois tipos de competição: Júnior e Sénior.

Competição Júnior

  • onStage: A prova de onStage consiste numa competição dinâmica e interativa, onde cada equipa programa os respetivos robôs para dançarem ao som da música, seguindo uma coreografia criada pelos elementos das equipas.

 

dance_0

 

  • Futebol Júnior: A prova de Futebol Robótico Júnior baseia-se na utilização de dois robôs autónomos, munidos de sensores e atuadores que possibilitam o objetivo de jogar futebol. Estão, no entanto, limitados nas suas dimensões, não podendo exceder os 22 cm no diâmetro e na altura.

 

soccerjunior3

 

  • Busca e Salvamento: Esta prova consiste na utilização de robôs móveis para identificar vítimas com rapidez e precisão em cenários de catástrofe que são recriados artificialmente.

 

buscasalv_neews

 

  • FreeBots: O FreeBots Júnior é uma competição que pretende desafiar estudantes das escolas básicas, secundárias e profissionais, a apresentar os robôs que desenvolveram (com caraterísticas inovadoras), sob a forma de uma apresentação técnica e demonstrações públicas. O âmbito das demonstrações abrange robôs físicos (um ou mais), móveis ou não, terrestres, aquáticos ou aéreos.

 

soccor-bot-with-omni-wheels

 

Competição Sénior

  • Liga de Plataformas Padrão: Na Liga de Plataformas Padrão, o futebol é jogado com uma plataforma robótica padrão, ou seja, todas as equipas competem com robôs idênticos, que diferem apenas no software desenvolvido para estes pelas equipas. Os robôs operaram de forma totalmente autónoma, de tal modo que não existe nenhum controlo externo por humanos ou computadores.

 

maxresdefault

 

  • FreeBots: O FreeBots é uma competição que pretende desafiar a comunidade de investigação e desenvolvimento, a nível mundial, a apresentar os seus resultados de investigação, sob a forma de uma apresentação técnica e de uma demonstração pública. O âmbito das demonstrações abrange robôs físicos (um ou mais), móveis ou não, terrestres, aquáticos ou aéreos.

 

AgAntHiRes1

 

  • Condução Autónoma: A prova de Condução Autónoma representa um desafio técnico de média complexidade no qual um robô móvel e autónomo deve percorrer um percurso ao longo de uma pista fechada, que apresenta semelhanças marcantes com a condução de um veículo automóvel numa estrada convencional.

 

driving2

 

  • RS Components Futebol Robótico Médio: A RS Components Futebol Robótico Médio é uma liga oficial do RoboCup. Duas equipas com 5 robots completamente autónomos, cujas dimensões vão até 80 cm de altura, 52 cm de diâmetro e 40 Kg de peso, defrontam-se num campo semelhante ao de futebol de 11 humano, mas com um tamanho mais reduzido (18mx12m).

 

soccer3

  • Simulação 2D: Na Liga de Simulação 2D, duas equipas de 11 programas de software autónomos (chamados de agentes, em que cada um deles simula o comportamento de um jogador) jogam futebol num estádio de futebol bidimensional virtual representado por um servidor central, chamado SoccerServer.

 

w5bypxgm-1368615153

 

  • Simulação 3D: A competição da Liga de Simulação 3D aumenta o realismo do ambiente simulado usado na Liga de Simulação 2D, adicionando a terceira dimensão ao ambiente gráfico e um comportamento físico mais complexo. O robot virtual usado no simulador 3D é basado no robô humanóide NAO (da Aldebaran Robotics), o mesmo usado na Liga de Plataformas Padrão (SPL) desde 2008.

 

3D

 

  • Robot@Factory: O Robot@Factory procura recriar um problema inspirado nos desafios que um robô autónomo terá de enfrentar durante a sua utilização numa fábrica. Esta fábrica é constituída por um armazém de aprovisionamento, um armazém de produto final e oito máquinas de processamento.

 

KUKA_youBot_picture

 

Bem pessoal, agora que ficaram a saber mais sobre as atividades deste evento e qual o seu propósito, que tal dar um saltinho a Bragança?
A entrada é gratuita. Esperamos por todos no Robótica 2016!